30.8.14

capsu l ar






~












da Massa engarrafada na cidade



dos gritos a fuMo


guarnecidos



( laMber a terra laMber a terra )








[ foto alien s tela de paula rego

15 comentários:

luís disse...

Plantar sementes, plantar sementes...

joel faria disse...

pintar a carne, respirar o sangue...

é bom descobrir coisas novas, voltar, percorrer, palmilhar

RAFAEL disse...

Eu diría "Acabar coa televisión, sair ao campo aberto e nao morrer"
Abraços.

un dress disse...

plantar sementes

respirar o sangue

sair ao campo aberto

beijos
e beijos

Elipse disse...

Fortes estas palavras...

violeta disse...

Das árvores e dos pássaros que te abrem o corpo talvez pudéssemos falar muito ou
mais ~~

Waiting for Godot disse...

Gracias por visitarme, espero que entiendas español porque no hablo mucho portugués. Un abrazo!

Su disse...

gosTei

jocas maradas

Anônimo disse...

MMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMM

DarkViolet disse...

Ou está com dores de barriga ou...ehehehe

un dress disse...

ou...não sei...

aiai!!!

paula rego... :)

Alessandra disse...

Coisa disforme, dentro da forma do poema... ou nossa matéria disforme formatada quando a cidade engolfa! Adorei esse!

MADRUGADA... disse...

A possibilidade de não poder comentar - iguala a estrondosa forma de não querer estar só.

~pi disse...

sim muito: iguala. como

sábia

e intuitivamente

dizes


~

Eduardo P.L. disse...

UN DRESS,

hoje amanheci mais triste. Fiquei sabendo no Vi...Intermezzo, que seu blog deixou de ser postado...
Uma falta já sentida!
Grande vazio na blogosfera!
Estou fazendo essa declaração publicamente, amanhã, no Varal.
Não nos deixe de visitar, pelo menos. Ficaremos saudosos de suas lindas imagens e texto primoroso, sem falar deste SOM inconfundível, mas sua presença nas visitas ajudará aplacar a falta que já sintimios do UN DRESS.

beijossssssssss como sempre!