30.8.14

poppies






~












o
rapaz entornado assim na tarde. languidamente um ceifador de cânhamo assolando a tarde sem rumo. neruda obsessivamente inclinado mais lento. a boca. há tempos de neruda que aqui caem sem aviso delimitado-se agora mesmo agora. neste arrastado andamento de que
escuta atento o olhar acabado de lavar. entra apenas. o gesto. as mãos fechadas na direcção desenhada da chuva. da curva-não-do-silêncio: do não-silêncio pra-variar. da curva-curva-gazela. ou do rio antes nuvem. direito o pescoço who´s gonna dance you who´s gonna. o segredo perdido a-ser-segredo. o tempo todo perdido a esconder-se-de-si o segredo. a dor inútil.
a embalagem gazeada da papoila. aprofundar-lhe a beleza espessa. cretina. a boca de novo esparsa-leve. posta a preceito sobre a mesa o mel no frasco a abelha pousada tudo no lugar previsto. a refeição toda. tudo à vista-agoniadamente-sobre-o-flanco-ocupado: a não respirar. x..........x............nada de silêncio. apenas uma leve paragem a descer: febre-excesso-contusão. e sempre as letras escondidas. nos teus gestos. os restos pois que te derivam dos gestos os dedos a colar-colam aflitos restos azulares de-olhos-de-
-lago-dança. os contornos exactos. direitamente os olhos em fuso aguentar rasa nem antes nem depois antes que mais tarde antes. travar a fuga. os ceifadores entorpecidos de vapor cambaleiam a tarde...descender. rir muito. baloiçar a palidez. os olhos a ironia húmida-larvar-da-cor. a que prendo o pulso. nas veias da chuva grãos sólidos de chumbo. beber do pescoço direito agora. e alargar a ostensiva da chuva pálida ao súbito equinócio. demais os traços apagados who´s gonna leave i think. i think i think abocanhar
deus ou outra coisa a ser deus. ai deus pois traz-me o vinho e a poesia-muito-viva embrulhada num jornal. e o buondi a seguir a ordem. o saco plástico de chuva a fruta o queijo o pão que cresce da massa anónima da lenha incógnita. conta a história toda de trás-para-a-frente-da-frente-para-trás.
agora. ele depois e tu. se havia de falar agora das urtigas é o que me preocupa. mas não. e de ti. mas não. hara kiri pétalas de que-me-não-entendes-nada-bem. bem-me-te-queres. tudo-e-nada. tum-tum-tum. bater deslizar. mal-te-me-queres. zigue-zague-zás. harakiri - my lord - harakiri. touch touch and smile.





[ moral da história: as you touch them, poppies die.

51 comentários:

Mary wants a little Lamb disse...

Beber do pescoço que se conhece e se amadurece.

isabel mendes ferreira disse...

obrigada.


pela história.




sanguínea.

de papoilas.


pela noite assim a ser dia.



______________________


beijo.

luís disse...

Se havias de falar agora das urtigas?

Daquelas que se coziam para alimentar os perús (vês bem quanto me lembro das tuas histórias,
detrás-para-a-frente-de-frente-para-trás...zigue-zague-zás e o passo suspenso quase nada aqui agora, só eu e eu e eu a ler a olhar a parede, toco-a, afasto-me um pouco, sorrio...

Demasiado pouco é como so-rrio.
E de facto, sem saber porquê, nem do porquê quero saber debaixo desta chuva palida que nada chove...
Da chuva súbita e seca, já se viu coisa assim?

And i think and i think.

Beijo com asas

mi despertar disse...

hermosa historia. te aconsejo si puedes poner un traductor en tu blog...yo pienso poner uno en el mio
Abrazos y besos

anatema disse...

Impresionante este descriptivo paisaje de interiores.

A veces el silencio es tan elocuente como un discurso. Mucho más.

La hitoria me recuerda otras historias, ajenas y no tanto.

Y es que somos espectadores de excepción. Sólo hay que sentir.

Bellísimo texto.

un dress disse...

MARY... beber ~

ISABEL: do sangue fugaz... dias-de-noites *

das asas-nos-beijos... LUÍS. do-sempre-as-asas-sempre... ~

MI DESPERTAR... não sei sobre as traduções. perde-se. ganha-se...may be! :)

escutar à flor da pele ANATEMA. o olhar-a-circular. escavar. fluir. encostar... *

ABRAÇOS. BEIJOS...

tonsdeazul disse...

Uma grande história!! Não queres participar do meu desafio? :)

Uma boa semana

a_cabra disse...

que confusão de coisas lindas vai por aí... mais um texto bonito com o qual presenteaste a blogsfera :-)) um beijinho e boa semana (esta é curta)

Diva disse...

Belo. Doce. Invulgar. Vermelho...
Bjs meus

Eyes wide open disse...

Adoro campos salpicados de papoilas :)!
*

Paulo Sempre disse...

Honni soit qui mal y pense.
Thanks
Paulo

un dress disse...

não sei TONS DE AZUL...sai ou não sai...escrevo assim. se sim, logo vemos...:))

CABRA a confusão é... nada ;)
são misturas de passado e presente...
sentir e observar e sentir de novo, assim...como um molho de erva que se apanha para as cabras...:)

EYES WIDE OPEN para que queres os olhos tão grandes?
também para ver as papoilas... ~

a tua cor, DIVA, i wish i could be your colour...há uma canção assim ***... red.

leste bem PAULO! e muito.
les.te-bem-por-dentro :))
thanks.


beijOs e papOilassssssssss com água

Pollan disse...

gérberas bem claras.


ouviste o eco?

João Cordeiro disse...

Um texto cheio de cor.

Obrigado pelos teus comentários.


Beijinho sonhador

MARTA disse...

Mistura perfeita de cores e sentimentos....
Gostei - obrigada também pela visita ao meu blog.
Beijos e abraços
Marta

Abssinto disse...

Foste possuída pelo espírito do Cezariny. Divina-mente, diga-se.
beijo

Pollan disse...

tomai e comei, eis o

nosso

corpo.

(as flores são dos mortos.)

=)

un dress disse...

de gérberas assim-chamadas-só-vagamente.mas dos ecos... sigo-lhes o rasto. como segui POLLAN ~~~~

JOÃO que a cor e forma é a da tua escrita... :)

MARTA uma estrelita para ti ffff***
escolhe!

eu... possuída ABSSINTO...?!
ora esta!!
se assim for...bem, espero que o cesariny tenha vindo para ficar!!!
:))


bOas nOites com SOnhos.
(tOuch and sMile...sMile...)

jjLeandro disse...

Finalmente descobri quem és. Não conseguia retribuir teus comentários em meu blog. Achei-a e estou feliz. Faço-te já um convite. Fiz um blog para linques culturais e convido-te a mandar uma foto, e uma linha de comentário sobre teu blog. É para colocar lá teu endereço à disposição de visitas. Faça o mesmo, convidando amigos com blogs culturais e a aderirem à idéia. Quanto mais gente, melhor.
o endereço: http://culturaworld.blogspot.com/

Visite lá e entenderá melhor a idéia.
abcs

legivel disse...

não me fales das urtigas
que m´picam a curiosidade
pois não quero que me digas
nem nome nem e a idade.

quem um dia assim descreve
não precisa apresentação
está lá tudo e nada deve
nem ponto de exclamação.


Hoje deu-me para a rima de pé-quebrado-sem-gesso-à-vista...

beijO.

alice disse...

espectacular, un dress. já fazia falta um texto assim. a florir o vermelhor em cada letra. adorei *

(és uma simpatia nos comentários que fazes lá... não é o que me faz ler-te. é mesmo bom estar aqui. e obrigada. por ambos. beijinhos)

sleeping angel disse...

um texto com uma elegância gigantesca
a algum tempo que não lia algo assim
abraços sleeping

RAFAEL disse...

"há tempos de Neruda que aqui caem sem aviso..."

Grande, amiga.
E mesmo assim, e un ainda nao conhece o porque, nin conhecerá nunca, afortunadamente.
Beijinhos Chilenos.

violeta disse...

Pouco sei dizer de tal densidade
de tal pressupostamente lenta viagem; de alguns minutos o olhar a perfurar a pele a rechear os cestos de mortais papoilas incógnitas, à boleia dum fio de aranha.
A pisar todos os riscos?
Mas sim, ainda bem

Beijo e
Até já

un dress disse...

POLLAN... nem dos mortos nem dos vivos...a aplicação é nossa.
flor é flor. livre...;)

também já não lembrava esse comentário JJLEANDRO...é um grande prazer receber-te :)

bela rima-de-pé-quebrado LEGÍVEL. rimas tão escorridamente direitas não precisam de gesso nem se picam nas urtigas....:)

ALICE o meu prazer é comentar. dizer a partir dos fios dos outros. não precisas agradecer, vou por mim e porque gosto. só. obrigada por vires aqui tu e pelas tuas palavras...:)

SLEEPING é um bocado gigantesco é...( ainda bem que não é obrigatório ler tudo... hehehe!!)
será elegante?...
gostei muito do poema no teu blog ***

o olhar perfura mesmo quando doce VIOLETA. as papoilas morrem dentro dos cestos e no entanto...
belo como dizes o que dizes: tudo.~


bOm dia de chuva bOm dia de sOl
abraçOs

Obrigada

un dress disse...

afortunadamente RAFAEL.


dos mistérios

afortunadamente...

pouco

sabemos... ~

Jefferson P. disse...

Me diga, como faz isso?

bjssss

MentesSueltas disse...

Dejo un abrazo desde Buenos Aires.

Hermoso espacio.

MentesSueltas

un dress disse...

não faço ideia...seja a que for que te referes...não faço ideia
JEFFERSON... ~

um abraçO MENTESSUELTAS. obrigada pela luz...és bem-vinda... ~



depois de iR--------------------------------------------------------------------------------já volto...:)

Rui Luís Lima disse...

uma boa Páscoa e bons filmes
paula e rui lima

entre linhas disse...

Vim desejar-te um boa Páscoa,com muitos docinhos á mistura :))

Bjs Zita

MARIA VALADAS disse...

Uma narrativa de se lhe tirar o chapéu!

Uma papoila...umas das minhas flores selvagem ( preferidas)....

Um beijo...por tudo isso!

Maria

antónio paiva disse...

.................

Magnífico!

................


Beijo e noite serena

Pollan disse...

todos levam flores aos mortos. elas são mais deles que dos demais. mesmo assim acho elas lindas.

patricia disse...

Tocou-se a papoila, ela começou a definhar, a morrer e a vida começa a passar à frente dos olhos, em frente aos olhos... tudo num segundo, aproveitar até que chegue o sopro. Esvai-se o sangue e com ele a memória, os momentos, a sofreguidão de um último gole, trago e trago tudo comigo para onde? para onde for quando a poppie me deixar.

beijos***

A. disse...

...after god of dreams, the knitter up of the ravelled sleeve of care.









uau.divina UnDress.brava!
:)

MARTA disse...

Obrigada pela visita e pela estrela.
Ficam os votos de Boa Páscoa e até já.
Beijos e abraços
Marta

entre linhas disse...

Além de ler a tua história, vim te desejar uma Santa e Feliz Páscoa.

Bjs Zita

eufrazio filipe disse...

FERIRAM A PRIMAVERA
OS CEGOS
JÁ NÃO COMEM PEDRAS COM VIOLINOS
SÓ BOTÕES DE ROSAS E ANDORINHAS

eufrazio filipe disse...

APRENDEMOS COM AS AVES A RISCAR NA ÁGUA
PONTO POR PONTO
TODOS OS MOVIMENTOS

(NÃO FOI PRECISO AGUARDAR
QUE SE BANHASSEM NO PRÓPRIO VOO)


mararavel.blogspot.com

sleeping angel disse...

Tenha uma feliz Páscoa...

Que o coelhinho te traga muito mais
que simples ovos de chocolate...

Que ele te traga muita saúde, amor,
felicidade, compreensão, carinho...

Que sejas abençoada,
por Aquele que nos deu a vida...

É o que te desejo sinceramente.

un dress disse...

RUI LIMA obrigada! filmes ficam pra breve... desejo bons dias para ti e Paula :)

ENTRE LINHAS docinhos... docinhosssss...bons dias pra si...;)

também pra mim muito significam as papoilas MARIA VALADAS! Por selvagens e frágeis as papoilas... ~

dias serenos ANTÓNIO...pra ti também...:)

POLLANNNNN mando-te flOres! :)))

a papoila há-de ficar aqui ou ali PATRÍCIA talvez alongando o olhar talvez...*

até já MARTA...belos dias pra ti!*

banhar-de de voo. lembraste-me um poema de não sei onde de longe...mas hei-de cavar a memória, EUFRÁSIO FILIPE ... ~

bela e espessa a forma que dás àquilo que me desejas SLEEPING ANGEL! faz tanto sentido...:)


beijOs. mil beijOs, mesmo mil muitos...
obrigada pela vossa voz que tanto faz a minha prolongar-se no espaçOOOO..........................


...may be...
god´s dreaming and knitting living red A. ;)

un dress disse...

aqui onde estou não sei se consigo partilhar convosco este poema de Li Bai...

se não conseguir...partilho o ar e a navegação da terra...~~~

:))))


abra.çO

alice disse...

"deus ou outra coisa a ser deus" há-de trazer-te de volta ;) beijo.

mi despertar disse...

felices pascuas para vos
abrazos y besos

eufrazio filipe disse...

Vou ajudá-la a cavar a memória.
"MAR ARAVEL" (poesia,Livros Horizonte,1988,autor Eufrazio Filipe).Ainda na coletânia do mesmo
autor "A Profanação das Metáforas"
(poesia,Outra Banda publicações,1994).

DISPONIVEL NO MEU MAR ARAVEL

Ana Duarte disse...

Um sorriso de admiração.

mixtu disse...

__♥♥_♥♥
_♥♥___♥♥
_♥♥___♥♥_________♥♥♥♥
_♥♥___♥♥_______♥♥___♥♥♥♥
_♥♥__♥♥_______♥___♥♥___♥♥
__♥♥__♥______♥__♥♥__♥♥♥__♥♥
___♥♥__♥____♥__♥♥_____♥♥__♥_____
____♥♥_♥♥__♥♥_♥♥________♥♥
____♥♥___♥♥__♥♥
___♥___________♥
__♥_____________♥
_♥____♥_____♥____♥
_♥____/___@__\___♥
_♥____\__/♥\__/___♥
___♥_____W_____♥
_____♥♥_____♥♥
_______♥♥♥♥♥

Ana Duarte disse...

Ai! Então mas eu ainda não comentei?

firmina12 disse...

ah, esta papoila era uma peta

un dress disse...

consegui "entrar" ALICE...parcelar, mas ...cá estou! ;)

MI DESPERTAR abraços beijos e risos...*

que surpresa EUFRÁSIO FILIPE! mal volte vou então...escavar...*

ANA DUARTE cá estão os comentários...obrigada pelo sOrrisO :)

então MIXTU o coelho não tinha fugido... e porque terá a orelhita caída...? ;)

FIRMINA peta ou não papoila é papoila...flor, aliás...:)


abraçOs beijOs papOilas...:)))